segunda-feira, dezembro 6, 2021
spot_img

Covid-19: 3ª dose da vacina começa a ser aplicada em setembro no Brasil

<span class="hidden">–</span>CAPRICHO/Divulgação

Na noite da última terça-feira, 24, Marcelo Queiroga, ministro da saúde, informou que o Brasil vai começar a aplicar a 3ª dose da vacina contra a Covid-19 em setembro.

<em>O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, durante coletiva no Palácio do Planalto</em>Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil/Reprodução

O reforço extra começará no dia 15, com foco em pessoas imunossuprimidas e maiores de 80 anos. Para essas doses, será usado o imunizante da Pfizer, desenvolvido em parceria com o laboratório alemão BioNTech.

Em função sobretudo da Delta e da necessidade de aumentar a proteção da população, estávamos tratando de reforço de dose”, explicou o ministro em coletiva realizada em Brasília. As doses de reforço só serão dadas àquelas pessoas que tiverem se vacinado corretamente previamente.

A necessidade da 3ª dose da vacina contra a Covid-19 ainda divide especialistas. Países como Israel e Hungria estão testando a dose extra do imunizante e estudos vêm sendo feitos. Por exemplo, nesta semana, uma pesquisa realizada pelo InCor (Instituto do Coração) e pela USP indicou a necessidade da 3ª dose da CoronaVac para pessoas acima de 55 anos, já que esse grupo foi imunizado há mais tempo e pode correr mais riscos em frente a novas variantes, como a Delta.

O ministro Marcelo Queiroga explicou que a data de 15 de setembro foi escolhida porque o governo entende que, até lá, toda a população brasileira com mais de 18 anos já terá recebido ao menos uma dose do imunizante.

Latest Posts

spot_img

Recentes