sexta-feira, dezembro 3, 2021
spot_img

Garçonete ganha gorjeta alta pelos “lindos mamilos” e assédio gera revolta

Imagina trabalhar em um restaurante e receber uma gorjeta de U$S 1 mil? Incrível, né? Ou nem de longe. Uma garçonete norte-americana, que preferiu não ser identificada, publicou no Reddit uma foto da notinha que continha a generosa gorjeta e uma mensagem nojenta de brinde: “Lindos mamilos, princesa. Me liga”, escreveu o homem, que ainda se autointitulou “O Mestre”.

Não demorou muito para o fato causar repulsa na rede social, com algumas pessoas pedindo para a mulher divulgar o número do cara, que ela havia apagado antes de postar a imagem, para que pudessem “inundar o lixo com trotes”.

<em>O recado deixado pelo “Mestre”</em>Sean Murphy/GettyImages e Reddit/Reprodução

Muitas desabafaram dizendo que a mensagem é “suja” e que dá “vontade de morrer” ao ler algo do tipo. O acontecimento não isolado mostra como o corpo feminino continua sendo objetificado na sociedade, dando margem para homens escrotos “tentarem a sorte” sendo totalmente invasivos, desrespeitosos, nojentos e sem noção. É revoltante!

No início deste ano, em Petrópolis, no Rio de Janeiro, um caso parecido ocorreu, provando que a objetificação do corpo da mulher e o machismo caminham lado a lado. Uma moça, chamada Patrícia Melo, recebeu a comanda de pagamento do restaurante em que estava e notou que, na parte destinada às observações, estava escrito: “Moça dos peitões”. Ela então veio a descobrir que essa era a maneira como os funcionários da casa estavam se referindo a ela.

 

“Um verdadeiro absurdo como mãe, mulher, consumidora e um assédio para mim como cliente(…) Minha indignação é por mim e por tantas mulheres que sofrem diariamente tais abusos e simplesmente se calam“, escreveu nas redes sociais a cliente, que moveu uma ação por danos morais contra o estabelecimento na Delegacia do Consumidor.

Importante ressaltar que embora a palavra assédio, tanto sexual quanto psicológico, seja usada para classificar uma série de atos abusivos contra uma pessoa, com a finalidade de exercer o domínio sobre ela, numa relação agressor-submisso, qualquer ato isolado de teor sexual que te deixe desconfortável configura assédio.

+: Como denunciar um caso de abuso sexual, estupro e/ou agressão? 

A tentativa (que não deve ter sido a primeira) de demonstrar poder usando o dinheiro para tentar descolar um encontro com a atendente foi descarada, mas que otário, não?! Ganhou um exposed nas rede, ficou mais pobre e sem date.

Latest Posts

spot_img

Recentes