domingo, maio 16, 2021

Ultimas Notícias

Mélanie Thomas, do Now United, mudou de visual – e a gente amou!

Amamos o grupo Now United e ficamos encantadas com a mudança de visual da Mélanie Thomas. Ela postou uma foto nas suas redes que...

Batom vermelho: 25 produtos para deixar sua maquiagem mais poderosa!

Existem itens que carregam uma certa ~magia~ e são capazes de turbinar a nossa autoestima e fazer com que a gente se sinta MUITO...

20 looks estilosos com moletom vintage para você se inspirar

Com o frio, chega também a hora de procurar por inspirações de looks e ficar por dentro das tendências que prometem bombar no outono-inverno...

Luiza Parente sobre críticas ao seu corpo: “Não consigo parar de chorar”

A influenciadora Luiza Parente usou suas redes sociais na noite desta quinta-feira (13) para desabafar sobre as críticas que vem sofrendo a respeito de...

Vitiligo: o que é e como ocorre a doença que causa manchas na pele?

O vitiligo é uma doença que, apesar de comum, ainda causa muito preconceito. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, estima-se que mais de 2 milhões de pessoas têm vitiligo no Brasil. Nas redes sociais, influenciadoras, como Carolina Clarkson e Barbarhat Sueyassu, tentam mostrar que a vida continua e que possuir as manchas esbranquiçadas na pele não é motivo de vergonha. Pensando nisso, a CAPRICHO conversou com especialistas para entender tudo sobre a doença e como ela se desenvolve. Confira!

1. O que é vitiligo?

O vitiligo surge por problemas e disfunções dos melanócitos, que são os responsáveis pela produção de melanina [pigmentação] do corpo. Isso faz com que a pessoa que apresenta essa doença desenvolva manchas esbranquiçadas por todo o corpo, podendo, inclusive, aparecer em lugares bem escondidos, como no interior da boca e no couro cabeludo. Por se tratar de um distúrbio dermatológico crônico, a doença dura a vida toda, mas existem tratamentos para amenizar.

 

2. Quais são os primeiros sinais do vitiligo?

O primeiro sinal evidente é a falta de pigmentação, uma lesão [mancha] mais clara que o restante da sua pele ou alguma área em que surja pelo (cabelo, cílios, sobrancelhas ou barba) bem mais claros do que o restante da área original.

O vitiligo vai progredindo aos poucos. Inicialmente, acontece a perda de pigmentação do cabelo, cílios, sobrancelhas e pelos. Logo após, passa para lugares mais escondidos do corpo, como globo ocular, axilas, órgãos genitais e umbigo.

3. Quando procurar um médico?

Quanto mais cedo o tratamento começar, melhor pode ser o resultado. Não é uma doença perigosa à saúde e o vitiligo não mata, mas pode causar questões de autoestima e psicológicas. Porém, qualquer lesão duradoura na pele que surja, principalmente, sem uma explicação razoável, e que te incomode causando dor, desconforto físico ou estético, merece receber atenção de um médico.

4. Como funciona o tratamento?

Além do dermatologista, como o vitiligo afeta diretamente a aparência, é recomendado ter um acompanhamento de um psicólogo. Ele vai ajudar a entender o problema e a lidar com as barreiras pessoais de cada paciente. É muito importante sempre passar protetor solar para proteger a parte mais clara e evitar que mude ainda mais a cor do corpo em relação às manchas. Outras opções para tratamento são pomadas de corticoides, a fotoquimioterapia, terapia a laser e enxerto ou transplante de melanócitos. O importante é consultar um médico o para realizar o tratamento ideal para cada caso.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por BARBARHAT SUEYASSU (@barbarhat)

Continua após a publicidade

5. Existe prevenção?

É possível evitar os fatores que possam precipitar o aparecimento de novas lesões ou acentuar as já existentes. Evitar a manipulação de material de borracha ou o uso de roupas apertadas ou emborrachadas, por exemplo. Isso porque a borracha contém hidroquinona, e existe uma teoria citotóxica que defende que certas substâncias derivadas da hidroquinona podem provocar a despigmentação da pele própria do vitiligo. Além disso, por ser uma doença genética ou advinda de estresse e traumas, não existem outros meios.

6. Como o vitiligo é desenvolvido?

Como as causas da doença não estão muito claras, acredita-se que o desenvolvimento da doença acontece a partir de predisposição genética associada a ocorrências que desencadeiem alterações ou traumas emocionais.

7. Qual a faixa etária mais afetada?

A doença pode aparecer durante qualquer fase da vida, mas o seu surgimento é muito mais comum é até os 20 anos de idade, por isso estejam atentas e avisem aos seus responsáveis caso surja alguma área de coloração diferente na sua pele. O histórico familiar também é considerado, pois cerca de 30% dos pacientes possuem algum parente com a doença.

8. O vitiligo pode ser sinal de alguma doença mais grave?

O vitiligo em si não. Mas, por essa doença estar associada a outras doenças que são autoimunes, o ideal é que, quando o paciente chega com queixa de mancha clara na pele, o médico imagine que pode ser vitiligo e peça uma série de exames laboratoriais para investigar a ocorrência simultânea de outras doenças. No entanto, mais do que isso, algo em que precisamos sempre nos lembrar é que “alterações ou traumas emocionais” podem desencadear essas lesões. Portanto, abordar alguém que tenha vitiligo pode significar abordar alguém com fragilidade e traumas emocionais que precisam de cuidado, investigação e uma condução adequada.

Quem deu as informações: Dra. Fernanda Chauvin, especialista em dermatocosmética e CEO da Ellementti Dermocosméticos; Dra Cristiane Simões, dermatologista do Grupo de Telemedicina Iron; Dra. Regislaine Souza Miquelin, especialista em dermatologia; Dra. Roberta Padovan, Médica Pós-graduada em Dermatologia e especialista em Medicina Estética e Dermatologia pela INCISA.

Continua após a publicidade

Latest Posts

Mélanie Thomas, do Now United, mudou de visual – e a gente amou!

Amamos o grupo Now United e ficamos encantadas com a mudança de visual da Mélanie Thomas. Ela postou uma foto nas suas redes que...

Batom vermelho: 25 produtos para deixar sua maquiagem mais poderosa!

Existem itens que carregam uma certa ~magia~ e são capazes de turbinar a nossa autoestima e fazer com que a gente se sinta MUITO...

20 looks estilosos com moletom vintage para você se inspirar

Com o frio, chega também a hora de procurar por inspirações de looks e ficar por dentro das tendências que prometem bombar no outono-inverno...

Luiza Parente sobre críticas ao seu corpo: “Não consigo parar de chorar”

A influenciadora Luiza Parente usou suas redes sociais na noite desta quinta-feira (13) para desabafar sobre as críticas que vem sofrendo a respeito de...

Influenciadora viraliza na web após sua mãe doar camiseta de R$ 5 mil

A influenciadora digital Triz Andrade virou assunto nesta quinta-feira (29/4) após usar suas redes sociais para contar que sua mãe havia colocado para doação...

Hailey Bieber e Rosé, do BLACKPINK, usaram a mesma minissaia metalizada

A coleção de inverno 2021 da Yves Saint Laurent foi apresentada nesta quarta-feira (28) e chamou a atenção pelos looks que misturaram uma pegada...

Flavia Pavanelli arrasou com vestido rosa de brilhos que custa R$ 22 mil

Flavia Pavanelli sempre aposta em visuais icônicos, não é mesmo? Sem medo de ousar e escolher marcas que estão em evidência, ela já apareceu...

Este salão de beleza tecnológico é perfeito para quem vai mudar o cabelo

Estamos chocadas com o salão de beleza desenvolvido pela Amazon! Sabe aquela insegurança que bate toda vez que você decide mudar o visual? Pois...

Salve O Ralph: curta mostra crueldade dos testes de cosméticos em animais

O documentário Salve O Ralph está dando o que falar – e com razão! Isso porque o curta-metragem, lançado neste mês, faz uma crítica...