quarta-feira, julho 6, 2022

Família de Elvis Presley aprovou filme sobre o cantor, diz diretor Baz Luhrmann

O diretor de cinema Baz Luhrmann disse que a reação da família de Elvis Presley ao seu filme sobre o extravagante ícone americano, que estreou no Festival de Cinema de Cannes, foi “a maior crítica da minha carreira”.

O filme narra mais de 20 anos da vida do Rei do Rock and Roll, destacando a relação entre Presley, interpretado por Austin Butler, e seu enigmático empresário Coronel Tom Parker, interpretado por Tom Hanks.

Os membros da família sentiram que o filme biográfico refletia “a humanidade do homem”, disse Luhrmann em uma coletiva de imprensa lotada no festival na quinta-feira. Ele contou a reação da ex-mulher do cantor, Priscilla Presley.

“Ela disse: ‘Se meu marido estivesse aqui hoje, ele o olharia nos olhos e diria: ‘Caramba, você sou eu!’”, disse Luhrmann.

Butler explicou que por mais de dois anos ele colocou o resto de sua vida em espera enquanto “caía na toca do coelho da obsessão”, embarcando no projeto com as “expectativas irreais” de que ele poderia fazer seu rosto idêntico ao de Elvis se ele trabalhasse o suficiente – comparando essa abordagem a ir a um museu de cera.

“O que é realmente importante é que sua alma saia”, disse Butler, ao perceber.

Hanks lembrou que Luhrmann lhe vendeu o papel de empresário da estrela, a quem ele descreveu como um homem mercurial e brilhante que se certificava de encher seus próprios bolsos.

“Nesta história, você encontra um cara que viu uma oportunidade única na vida de transformar um talento em uma força cultural”, disse ele.

A neta de Presley, Riley Keough, que apresentou em Cannes o filme que marca a sua estreia como diretora, “War Pony”, disse na semana passada que achava que Luhrmann fez “um trabalho incrível contando nossa história, nossa história de família”.

Latest Posts

spot_img

Recentes